Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

1483645341b9fa79b2bf069a790f94f6ac7a42fcc8
No comando: SHOW BANDAS

Das 07:00 as 10:00

VALCIR MARTINS
No comando: Jornal Comunitário

Das 07:15 as 08:00

JEFERSON RUSCHEL
No comando: Bom Dia Solidária

Das 08:00 as 10:00

img_7890
No comando: MARCA NATIVA COM JULIA DE SÁ

Das 10:00 as 12:00

whatsapp-image-2018-03-05-at-16-10-09
No comando: MISTURA TOTAL

Das 10:00 as 12:00

VALCIR MARTINS
No comando: Raízes do Pampa

Das 10:00 as 13:00

maquina-do-tempo-fb
No comando: Máquina do Tempo

Das 12:00 as 13:00

img_8711
No comando: Show de Bandas

Das 13:00 as 15:00

whatsapp-image-2018-03-05-at-16-10-09
No comando: ARENA 105

Das 15:00 as 17:00

23658647_714778802060992_6188776127324446005_n
No comando: LAÇO DO PEÃO

Das 17:00 as 19:00

Mulher procura por família que não vê há anos

Compartilhe:
c10880-morador-do-rio-de-janeiro-procura-familia-biologica-em-palotina-42f6795808

De Guaraciaba, Elisiane Lolato procura por um tio seu que, se estiver vivo, deve morar em Dionísio Cerqueira, Barracão ou nas proximidades.

 
Elisiane não tem muitos dados, mas tem uma história que poderá auxiliar a encontrar seu tio que, se vivo, deve ter 65 e 68 anos de idade.
Há muitos anos atrás, a avó de Elisiane foi assassinada pelo marido, possivelmente em Barracão, e quando foi assassinada, tinha três filhos pequenos.

 
– O filho mais velho, que é o tio procurado por Elisiane, foi adotado por uma família e teria fugido dessa família quando tinha uns 6 anos de idade. Hoje seria morador aqui na tri-fronteira, e tem filhos;

 
– A segunda criança, era a mãe de Elisiane, de nome Doralina. Doralina nunca teve documentos, portanto Elisiane não sabe qual era o sobrenome de família da sua mãe. Ela foi levada pela família de um policial para Guarujá do Sul. Mais tarde, foi adotada por uma família de Guaraciaba, lá cresceu, casou e teve três filhas. Quando Elisiane tinha um ano e três meses de idade, sua mãe morreu. Cerca de dois anos após este fato, talvez 1991, o tio fez uma visita às sobrinhas orfãs.

 
– E a terceira criança, um menino que teria problemas mentais, teria ficado com o pai na prisão, no estado do Paraná.
Elisiane procura pelo tio, de quem você não sabe nome e sobrenome, que provavelmente mora em Dionísio Cerqueira, ou Barracão, ou nos arredores. A única vez que o viu, ainda muito pequena, foi a 27 anos atrás.

 
Quem conhece esta história, ou conhece alguém que, de algum modo, viveu esta história, faça contato com Elisiane Lolato, de Guaraciaba, através de sua página no Facebook.

 
O objetivo de Elisiane é simplesmente encontrar seu tio.

Deixe seu comentário:

Nas redes sociais

LA FAVORITTA

LA FAVORITTA

Tempo

Publicidade